fbpx

Medicina e Desenvolvimento Humano

Estamos chegando ao final da jornada de 30 dias, onde mostrei a vocês que a transformação é possível, que você poderá melhorar sua vida, que toda essa mudança está em suas mãos. São vários conceitos novos, paradigmas que devem ser quebrados, são crenças que devem ser esquecidas, são hábitos que devem ser cultivados. Nós vamos nos tornando marionetes da vida, mas de uma vida que não escolhemos. E como pode? A questão é que deixamos de viver a nossa vida para viver a vida alheia, e neste ponto, nós perdemos o poder da escolha, quem escolhe é o outro. São os coadjuvantes tomando o protagonismo de sua vida.

Às vezes nosso coração está repleto de angustias, prestes a explodir, nosso pensamento está repleto de ódio, vingança, culpa, solidão, sensação de incapacidade, um grande vazio. Porque eu? A cada dia nós alimentamos nossos sentimentos mais pequenos e mesquinhos e não vemos aquilo que está a nossa frente, nosso reflexo está opaco, mas simplesmente porque o espelho está embaçado. Precisamos então apenas de um gesto, apenas um movimento para que o espelho volte a ficar cristalino, podendo assim enxergar com precisão nossos defeitos a serem corrigidos, mas também nossas qualidades a serem exaltadas.

Que tal agora conversar apenas sobre coisas boas, escutar boas músicas, comer comidas saborosas e saudáveis, aprender mais sobre a vida e suas relações, sobre seu trabalho, sobre prosperidade e riquezas? Que tal cultivar pensamentos repletos de alegria, bem-estar, amor, esperança, otimismo, solidariedade, gratidão? Que tal fortalecer o seu conhecimento e a sua saúde? Quem sabe um curso, um livro, uma pós-graduação, uma palestra, uma conversa. O que você não pode fazer é ver o tempo passar, e continuar fazendo mais do mesmo!

Sabe, uma das coisas mais difíceis é percebermos as mudanças pelas quais o mundo vem passando, ou melhor até percebemos, mas temos a eterna mania de dizer “na minha época era assim”. Mas como se você vive no presente? Então sua época é o agora! Mas vivemos de um passado de erros na esperança de um futuro que poderá consertar o que foi quebrado, quem sabe um milagre, pois insistimos em ser mais de nossos erros, “somos assim e não mudamos, nascemos assim”, não é? Como esperar um futuro de mudanças se no presente você continua o mesmo?

Quanto tempo você levará para perceber que o pedágio está sendo cobrado, que a cada dia deixamos no guichê alheio nossa vontade, nossos talentos, nossa força, nossos sonhos, nossa esperança, nossa saúde. Insistimos em continuar seguindo a multidão, continuamos na estrada do comodismo, onde o asfalto é liso, onde as curvas são menos escorregadias, onde posso ir mais rápido e quem sabe chegar primeiro onde a felicidade está. Quem sabe tenho sorte!

Devemos questionar todos os dias os padrões estabelecidos e que muitas vezes já estão obsoletos, ou ainda, nunca serviram para nada. Durante a nossa caminhada devemos nos observar internamente e fazer as perguntas corretas, para acharmos as respostas corretas, e não aquelas pré-formatadas e engessadas em paradigmas, dogmas e contradições. Se continuarmos seguindo os mesmos modelos já falidos, como você espera a melhora?

Exercício: apenas reflita sobre velha mania de ser o mesmo à espera de um milagre!

Bração procêis

#samyzenun #hipertrofiandooespirito #emagrecendoocorpo #gratidão

Samy Zenun
Autor

Olá, sou o Samy Zenun, médico, especialista em pessoas. Hoje tenho como missão ajudar as pessoas a melhorarem sua saúde e qualidade de vida. Acredito que com pequenas mudanças de hábito e atitudes, todas as pessoas podem melhorar sua saúde física e emocional. Deixe seu comentário e inscreva seu melhor e-mail para receber dicas sobre medicina, saúde, desenvolvimento humano, ciência e espiritualidade.

Escreva um comentário